xururucas no maternal

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Adaptação (parte I)

Adaptação
O ingresso na escola representa mais um marco no desenvolvimento da criança, pois agora é a etapa de separação, individualização da criança. Permanecer numa escola, em ambiente novo e desconhecido, por mais atraente que seja, sempre significa ficar sem a presença da mãe, sem o porto-seguro. Muitas vezes, não é só o que é novo que assusta, mas, sim, a ausência da família.
A criança pode querer ficar e, simultaneamente, teme afastar-se da família, pois isso significa renunciar à sua proteção. Alguns autores comparam o ingresso na escola ao desmame. Agora ela terá a sua vida integrada a um grupo social de iguais, quando estabelecerá as primeiras normas de vida em sociedade.
As dificuldades dessa passagem estão diretamente relacionadas às relações afetivas entre a criança e a família e a todos os fatos que as determinaram.
Os sentimentos da família em relação à escola e a respectiva entrega da criança a outros adultos é fator decisivo na segurança da criança. Nos casos de choro, que podem acontecer e são até bastante comuns, aconselhamos o acompanhante a permanecer por perto, no corredor ou na entrada, por exemplo, e evitar ficar na sala de aula com a criança.
É preferível esperar com paciência, mas deixar a criança entrar sozinha, atraída pelos materiais e brincadeiras, sem chorar, do que forçá-la a entrar, aumentando o medo e a desconfiança.
O acompanhante poderá ficar à disposição da criança num certo lugar como ponto de referência, durante o período que for necessário, para apoiá-la nesta adaptação.




Sugestão de Lembrancinha

BEIJOKAS!!!!



Marcadores: ,

1 Comentários:

  • Oi Simone, postei hj lah no blog alguns murais que fiz... Adorei esses modelos de lembrancinhas... muito legal..bjinhus!!

    Por Blogger Mariii, Às 17 janeiro, 2008 14:56  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<< Página inicial